Cervejarias da Anheuser nos EUA não fecharão após fusão--InBev

sexta-feira, 20 de junho de 2008 11:19 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - A InBev afirmou que sua oferta de 46 bilhões de dólares pela Anheuser-Busch não acarretará no fechamento de cervejarias nos Estados Unidos e que alguns dos executivos do primeiro escalão e membros do conselho da companhia norte-americana serão mantidos.

"A combinação tentará manter o primeiro escalão administrativo de ambas as empresas e seus membros de conselho", afirmou o presidente-executivo da InBev, Carlos Brito, em entrevista em vídeo apresentada nesta sexta-feira.

"Não haverá fechamento de cervejarias (nos Estados Unidos)", acrescentou.

Um acordo bem sucedido unirá a segunda e a quarta maior cervejarias do mundo, superando a britânica SABMiller, atual líder do setor.