Berlusconi diz que Alitalia caminha para colapso

sábado, 20 de setembro de 2008 10:09 BRT
 

Por Stephen Brown

ROMA (Reuters) - A companhia aérea Alitalia continua voando neste sábado, mas o premiê, Silvio Berlusconi, descartou qualquer possibilidade de resgate da empresa por uma companhia estrangeira e afirmou que a aérea italiana está rumando para a falência.

"Não há possibilidade de outra oferta de resgate, então isso pode significar que nossa Alitalia está rumando para os procedimentos de falência", disse Berlusconi, cuja tentativa de organizar um consórcio para resgatar a empresa fracassou por conta de oposição de um sindicato.

Os vôos da Alitalia continuam operando normalmente mas a empresa pode ficar no chão em questão de dias e ser liquidada se não houver nenhuma outra proposta de último minuto para as negociações que envolvem o consórcio CAI, que retirou sua oferta na quinta-feira depois que pilotos e comissários de bordo recusaram aceitar os termos impostos pelo grupo.

Sofrendo com altos custos dos combustíveis e redução no ritmo econômico que atingiu outras companhias aéreas no mundo, a Alitalia tem vivido à beira do colapso há anos uma vez que interferências políticas e problemas trabalhistas geraram uma montanha de dívidas para a empresa.

O governo excluiu mais alguma oferta de ajuda ou, como alguns políticos de esquerda propuseram, a renacionalização da Alitalia. A Itália já tem problemas com a Comissão Européia depois de feito um empréstimo de 300 milhões de euros (435,2 milhões de dólares) para manter a companhia aérea voando.

 
<p>Funcion&aacute;rios da companhia a&eacute;rea italiana Alitalia protestam no Aeroporto de Roma, no dia 18 de setembro. A companhia a&eacute;rea Alitalia continua voando neste s&aacute;bado, mas o premi&ecirc;, Silvio Berlusconi, descartou qualquer possibilidade de resgate da empresa por uma companhia estrangeira e afirmou que a a&eacute;rea italiana est&aacute; rumando para a fal&ecirc;ncia.. Photo by Alessandro Bianchi</p>