Crescimento da China desacelera para 9% no 3o tri

segunda-feira, 20 de outubro de 2008 07:41 BRST
 

Por Jason Subler e Eadie Chen

PEQUIM, 20 de outubro (Reuters) - O crescimento da economia chinesa desacelerou para 9 por cento no terceiro trimestre, reflexo da crise global de crédito e da fraqueza do mercado imobiliário do país, e indica que a expansão anual poderá ser a primeira, desde 2002, a ficar abaixo de 10 por cento.

A desaceleração no ritmo anual de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) da China, depois da expansão de 10,1 por cento no segundo trimestre, confirmou que o país não conseguiu evitar a contaminação da crise mundial de crédito e reforça as expectativas de que o governo deve, em breve, promover um afrouxamento das políticas monetária e fiscal.

A quarta maior economia do mundo registrou uma taxa anual de crescimento de 9,9 por cento nos primeiros nove meses do ano, bem abaixo dos 11,9 por cento registrados em 2007, informou a agência nacional de estatísticas chinesa nesta segunda-feira.