Baosteel corta preços de aço para dezembro por demanda fraca

segunda-feira, 20 de outubro de 2008 12:08 BRST
 

Por Alfred Cang

XANGAI, 20 de outubro (Reuters) - O grupo siderúrgico chinês Baoshan Iron and Steel (Baosteel) cortou preços de vendas de seus principais produtos para dezembro em até 20 por cento em relação a novembro, afirmou uma fonte do mercado nesta segunda-feira.

A Baosteel (600019.SS: Cotações) começou a diminuir produção em setembro e a reduzir preços em outubro diante de um enfraquecimento da demanda doméstica por conta da desaceleração no crescimento econômico da China.

O crescimento anual do Produto Interno Bruto (PIB) da China caiu para 9 por cento no terceiro trimestre, ante 10,1 por cento no segundo trimestre, enquanto o ritmo da expansão da produção industrial em setembro caiu para o patamar mais baixo em seis anos, informou o governo nesta segunda-feira.

A Baosteel reduziu preços de dezembro de aço laminado a frio em 900 iuans (131,80 dólares) a tonelada, ao mesmo tempo em que cortou o preço do aço laminado a quente em 800 iuans, para 1.000 iuans a tonelada, informaram duas fontes do mercado, citando um comunicado de oferta de preços da Baosteel.

Membros do conselho da Baosteel não puderam ser contatados imediatamente para comentar o assunto, mas operadores e analistas disseram que o corte de preços não é nenhuma surpresa. Para eles, os preços da Baosteel estavam altos em comparação aos valores cobrados no mercado à vista da China.