BOLSA EUA-Wall St salta com fala de Bernanke, melhora do crédito

segunda-feira, 20 de outubro de 2008 19:13 BRST
 

(Texto atualizado com mais informações e comentários de analistas)

Por Kristina Cooke

NOVA YORK, 20 de outubro (Reuters) - As bolsas de valores dos Estados Unidos encerraram a segunda-feira em alta, após o chairman do Federal Reserve sugerir um novo plano de gastos governamentais para estimular a economia e em meio a melhoras nas condições dos mercados de crédito.

O Dow Jones .DJI saltou 4,67 por cento, para 9.265 pontos. O S&P 500 .SPX evoluiu 4,77 por cento, para 985 pontos. O índice Nasdaq .IXIC de empresas de tecnologia avançou 3,43 por cento, para 1.770 pontos.

Mas a alta de mais de 4 por cento dos índices Dow e S&P veio na sessão de menor volume em quase um mês, sinalizando que os investidores permanecem receosos em voltar para as bolsas após semanas de forte volatilidade.

Com as ações no menor patamar em cinco anos, o congelamento dos mercados de créditos inspirou algumas buscas por preços baixos e a compra de algumas das maior vítimas da recente deterioração. As ações de energéticas, de serviços públicos e empresas de materiais lideraram a alta.

Ações de companhias de serviços de campos de petróleo Halliburton (HAL.N: Cotações) e Weatherford International WFT.N saltaram após eles divulgarem resultados melhores do que o esperado.

O setor energético também foi impulsionado com os preços petróleo saltando e analistas da Oppenheimer & Co elevaram as recomendações das ações energéticas como a Chevron (CVX.N: Cotações) e Exxon Mobil (XOM.N: Cotações). Ambas as empresas decolaram mais de 10 por cento.

"Quando nós vemos uma certa melhora nas métricas de créditos e Bernanke fala sobre um potencial pacote de estímulo econômico é benéfico", afirmou Bucky Hellwig, vice-presidente sênior da Morgan Asset Management.

"As ações energéticas também estão ajudando o avanço dos mercados aqui."