ATUALIZA-Índice do Fed de Filadélfia fica negativo em março

quinta-feira, 20 de março de 2008 12:13 BRT
 

(Texto atualizado com mais detalhes sobre relatório)

NOVA YORK, 20 de março (Reuters) - A atividade industrial no Meio-Atlântico dos Estados Unidos encolheu pelo quarto mês seguido em março, mostrou uma pesquisa nesta quinta-feira, reforçando as evidências de que os Estados Unidos enfrentam uma recessão ainda que a taxa de retração tenha diminuído.

Segundo o Federal Reserve de Filadélfia, o índice de atividade empresarial ficou em -17,4 em março, ante -24,0 em fevereiro. O resultado de fevereiro havia sido o menor desde fevereiro de 2001, pouco antes da última recessão.

É a mais longa série negativa do índice em cinco anos --desde o começo da guerra no Iraque.

"A mensagem principal dessa pesquisa é que as coisas estão muito ruins, mas que a confiança, até aqui, piorou mais do que a atividade em si", disse Ian Shepherdson, economista da High Frequency Economics, em Valhalla, Nova York.

Economistas ouvidos pela Reuters previam uma leitura de -18,3. Um número negativo indica contração na atividade manufatureira da região.

Até a ligeira melhora de março, o índice vinha registrando reduções sucessivas desde setembro, quando havia ficado positivo em 9,2. O índice monitora o leste da Pensilvânia, o sul de Nova Jersey e Delaware.

O índice de novas encomendas subiu levemente em março, de -10,9 em fevereiro para -9,3. Já o componente de preços pagos aumentou de 46,6 para 54,4.

O índice de emprego caiu de 2,5 para -4,7. Foi o menor resultado desde junho de 2003.

(Reportagem de Burton Frierson)