Vale aumenta oferta por Xstrata para perto de US$90 bilhões

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008 10:02 BRT
 

Por Denise Luna

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Vale aumentou sua oferta para a compra da mineradora anglo-suíça Xstrata para cerca de 90 bilhões de dólares, ou 47 libras por ação, informou nesta quinta-feira uma fonte próxima à negociação.

A primeira oferta informal, de 40 libras por ação, foi rejeitada pelos acionistas da Xstrata e somava um preço total de 76 bilhões de dólares.

A Vale já teria garantido um empréstimo de 50 bilhões de dólares junto a um pool de bancos.

Procurada pela Reuters, a assessoria de imprensa da Vale disse que não iria comentar o assunto.

Outra fonte próxima da empresa informou que o presidente-executivo da Vale, Roger Agnelli, e o diretor financeiro da companhia, Fábio Barbosa, estão em Londres, sede da Xstrata.

Qualquer oferta formal que venha a ser encaminhada para a mineradora anglo-suíça deverá posteriormente ser apresentada por Agnelli ao conselho de administração da Vale, para aprovação.

A empresa brasileira fechou nos últimos dias vários acordos com siderúrgicas na Ásia e na Europa para elevar o preço do minério de ferro que exporta entre 65 e 71 por cento.

O produto é responsável por 40 por cento da receita da Vale e analistas afirmaram que os novos contratos garantiriam um reforço no fluxo de caixa, o que poderia contribuir para que uma nova oferta de compra da Xstrata seja apresentada.