Gastos pessoais nos EUA sobem 1,1% em novembro

sexta-feira, 21 de dezembro de 2007 11:39 BRST
 

WASHINGTON, 21 de dezembro (Reuters) - Os gastos pessoais nos Estados Unidos aumentaram 1,1 por cento em novembro, resultado mais alto em dois anos e acima do previsto, informou o Departamento de Comércio nesta sexta-feira.

Economistas ouvidos pela Reuters esperavam alta de 0,6 por cento nos gastos.

O índice dos preços com gastos pessoais (PCE, na sigla em inglês), uma importante medida de inflação, subiu 0,6 por cento, maior alta desde setembro de 2005. O núcleo do PCE, que exclui preços de energia e alimentos, avançou 0,2 por cento, em linha com a expectativa de analistas.

Os gastos reais avançaram 0,5 por cento em novembro.

(Reportagem de Mark Felsenthal)