GOL deve sofrer impacto negativo de câmbio de R$225 mi no 3o tri

terça-feira, 21 de outubro de 2008 07:40 BRST
 

SÃO PAULO, 21 de outubro (Reuters) - A companhia aérea Gol (GOLL4.SA: Cotações) anunciou no final da segunda-feira que a acentuada valorização do dólar frente o real no trimestre passado vai gerar um efeito contábil negativo no balanço do período de 225 milhões de reais.

A empresa informou que o impacto contábil, sem efeito de caixa, decorre principalmente da valorização de 20 por cento do dólar contra o real no trimestre passado sobre as dívidas de longo prazo da companhia.

A Gol informou ainda que teve um impacto líquido negativo de 48 milhões de reais no resultado financeiro decorrente de ganhos com hedge cambial e perdas com mecanismos de flutuação de preços de combustível.

A empresa afirmou que em 30 de junho tinha hedge de cerca de 55 e 19 por cento do consumo de combustível para o terceiro e quarto trimestres do ano, a preço médio de 132 e 133 dólares o barril do petróleo, respectivamente. A Gol informou que liquidou no trimestre passado essas operações.

A Gol divulga resultado do trimestre passado em 27 de outubro.

(Reportagem de Alberto Alerigi Jr.; Edição de Renato Andrade)