August 21, 2008 / 8:57 PM / 9 years ago

PANORAMA2-Dólar cai em todo o mundo e commodities voltam a subir

4 Min, DE LEITURA

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 21 de agosto (Reuters) - A preocupação com o setor financeiro dos Estados Unidos e a alta de mais de 5 dólares do petróleo derrubaram o dólar diante das principais moedas nesta quinta-feira.

A queda diante de uma cesta de moedas .DXY era de mais de 1 por cento no final da tarde, uma das maiores baixas diárias em cinco meses.

Entre os problemas que afetaram a moeda norte-americana está a preocupação com as agências hipotecárias Fannie Mae FNM.N e Freddie Mac FRE.N, que são responsáveis pela maior parte do crédito residencial dos Estados Unidos.

"Parece que nos últimos dias o mercado de câmbio finalmente acordou para isso (Fannie e Freddie)", disse Richard Franulovich, estrategista de câmbio do Westpac Institutional Bank, em Nova York.

O dólar caiu também no Brasil. Em dia de pouco volume de negócios, pesou a mudança de comportamento dos investidores estrangeiros, que têm diminuído as apostas a favor da valorização da moeda norte-americana.

O preços das commodities voltaram a disparar no mercado internacional. O índice Reuters-Jefferies .CRB subiu 3,7 por cento, e a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), influenciada por Petrobras (PETR4.SA) e pela mineradora Vale (VALE5.SA), sustentou-se em alta pelo terceiro pregão seguido.

O Banco Central divulgou que o país teve déficit em transações correntes de 2,111 bilhões de dólares em julho. Apesar de três vezes maior que no mesmo mês do ano passado, a expectativa do BC é de uma desaceleração do saldo negativo até o fim do ano.

Veja como encerraram os principais mercados nesta quinta-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,610 real, em baixa de 0,62 por cento. O volume no segmento interbancário foi de 1,5 bilhão de dólares.

Bolsa .Bvsp

O Ibovespa subiu 1,01 por cento, a 55.934 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 4,6 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em alta de 0,94 por cento, aos 33.845 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) fecharam em alta na BM&F. O DI janeiro de 2009 avançou a 13,83 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 subiu a 14,66 por cento.

Global 40 braglb40=Rr

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, subia discretamente no final da tarde, para 131,875 por cento do valor de face, oferecendo rendimento de 5,44 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil cedia 6 pontos, a 239 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 303 pontos-básicos.

Bolsas Dos Eua

O índice Dow Jones .DJI subiu 0,11 por cento, a 11.430 pontos. O Nasdaq .IXIC caiu 0,36 por cento, para 2.380 pontos. O índice S&P 500 .SPX exibiu alta de 0,25 por cento, aos 1.277 pontos.

Treasuries De 10 Anos us10yt=Rr

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, recuava e o rendimento subia para 3,83 por cento no final da tarde ante 3,81 por cento na quarta-feira.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

Reportagem adicional de Vanessa Stelzer e Rodolfo Barbosa; Edição de Daniela Machado

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below