CÂMBIO-Dólar sobe 3,7%, segue movimento global e piora de bolsas

terça-feira, 21 de outubro de 2008 11:26 BRST
 

SÃO PAULO, 21 de outubro (Reuters) - O dólar subia forte nesta terça-feira frente ao real, acompanhando o movimento da moeda norte-americana no cenário internacional e uma piora nos mercados acionários.

Às 11h18, a moeda norte-americana BRBY era cotada a 2,203 reais, em alta de 3,67 por cento.

"Hoje é mais um movimento global, o real está acompanhando... A gente acaba pagando o preço de ter um mercado mais líquido. O Brasil acaba tendo um comportamento incompativel com os fundamentos", disse Marcelo Voss, economista-chefe da corretora Liquidez.

Frente a uma cesta com as principais moedas .DXY o dólar subia 0,97 por cento. A divisa norte-americana também se valorizava frente às moedas emergentes, como a lira turca, que chegou a atingir seu menor patamar desde julho de 2006 em relação ao dólar.

A valorização praticamente global do dólar era sustentada pela melhora das condições dos mercados de crédito e pelo apoio explicitado na véspera pelo chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, a um novo plano de gastos governamentais para estimular a economia norte-americana.

No Brasil, o mercado mantinha a expectativa em torno dos desdobramentos do leilão de financiamento para o comércio exterior realizado na véspera pelo Banco Central. Dos 2 bilhões ofertados, 1,62 bilhão foi vendido.

"Agora vamos ver como é que acontece o repasse." Para Voss, a importância desse tipo de leilao "é que a linha chegue" a quem precisa.

Nesta sessão, a autoridade monetária também ofertará um volume de cerca de 500 milhões de dólares em um leilão de swap cambial tradicional. As propostas serão acolhidas entre 12h45 e 13h e o resultado será divulgado a partir das 13h15.

(Reportagem de Jenifer Corrêa; Edição de Alexandre Caverni)