21 de Dezembro de 2007 / às 20:16 / 10 anos atrás

PANORAMA2-Otimismo nos EUA sustenta bom humor pré-feriado

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 21 de dezembro (Reuters) - O desempenho positivo dos mercados norte-americanos sustentou o bom humor nesta sexta-feira no Brasil, onde a Bovespa subiu quase 3 por cento e os juros futuros seguraram o ímpeto de alta em meio à preocupação com a inflação.

No final da tarde, as bolsas em Nova York subiam mais de 1 por cento, com destaque para os setores de tecnologia e de bancos. Entre as boas notícias para os investidores, a Research In Motion, fabricante dos aparelhos Blackberry, divulgou que seu lucro mais do que dobrou no terceiro trimestre.

Além disso, o Wall Street Journal publicou que o banco de investimento Merrill Lynch vai receber uma injeção de capital de 5 bilhões de dólares do governo de Cingapura. A instituição é mais uma a receber o interesse estrangeiro após sofrer fortes prejuízos no mercado de crédito de alto risco.

Mais cedo, dados sobre o consumo também foram bem recebidos pelo mercado. De acordo com o Departamento de Comércio, os gastos pessoais subiram 1,1 por cento em novembro, mostrando que o consumo ainda não foi seriamente afetado pela crise no setor imobiliário e de crédito.

Em meio ao otimismo generalizado, diminuiu a aversão ao risco no exterior --o risco Brasil caiu 20 pontos-básicos, para 208 pontos. Isso contribiu para a queda de 0,66 por cento do dólar em uma sessão de pouco volume.

Além do cenário externo, a Bovespa foi movimentada por notícias corporativas. A Petrobras (PETR4.SA) subiu 3,19 por cento com a descoberta de uma jazida na camada pré-sal da bacia de Santos. Já a NET NETC4.SA disparou 10,19 por cento com a aquisição da BigTV, operadora com 107 mil assinantes.

Veja como encerraram os principais mercados nesta sexta-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,794 real, em baixa de 0,66 por cento. O volume do segmento interbancário foi de 2,07 bilhões de dólares.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa subiu 2,29 por cento, a 63.131 pontos, segundo dados preliminares. O volume financeiro na bolsa foi de 4,9 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em alta de 2,38 por cento, aos 36.427 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

A maioria dos contratos de depósito interfinanceiro (DI) subiu na BM&F. O DI janeiro de 2009 foi a 12,09 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 avançou a 12,72 por cento.

GLOBAL 40 BRAGLB40=RR

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, subia para 133,5 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,56 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil caía 20 pontos, a 208 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 229 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones .DJI tinha variação positiva de 1,6 por cento, a 13.456 pontos. O Nasdaq .IXIC avançava 1,67 por cento, para 2.685 pontos. O índice S&P 500 .SPX exibia alta de 1,57 por cento, aos 1.483 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS US10YT=RR

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, caía e o rendimento subia para 4,1 por cento no final da tarde.

Reportagem adicional de Daniela Machado; Edição de Vanessa Stelzer

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below