21 de Agosto de 2008 / às 22:09 / 9 anos atrás

ATUALIZA-Argentina autoriza exportação de 1,44 mi t de trigo

(Texto atualizado com mais informações)

BUENOS AIRES, 21 de agosto (Reuters) - O governo da Argentina autorizou nesta quinta-feira a exportação de 1,44 milhão de toneladas de trigo, em outra abertura para vendas externas do cereal que estão limitas para garantir a oferta doméstica.

O governo nos últimos meses tem gradualmente liberado a expotação de trigo, após proibir esse comércio no último ano para conter os preços domésticos de alimentos como pão e massas, em meio a uma batalha mais ampla contra a inflação.

A Argentina é um dos cinco maiores fornecedores de trigo do mundo, com a maior parte de suas exportações destinadas ao Brasil.

Em junho e julho, o governo aprovou a exportação de aproximadamente 2 milhões de toneladas de trigo, cuja maioria se dirigiu para o Brasil.

Os agricultores argentinos estão atualmente plantando o trigo da safra de 2008/09 na menor área dedicada para o grão em pelo menos 16 anos.

Eles reclamam das medidas de combate à inflação do governo como os obstáculos à exportações e de limites de preços que levaram a plantios alternativos, apesar dos altos preços internacionais do trigo.

Meses de seca no cinturão agrícola centro-norte da Argentina estão ameaçando diminuir a produção de trigo 2008/09, afirmaram analistas.

PLANTIO MENOR

Na quinta-feira, a secretaria de Agricultura da Argentina cortou a sua previsão do tamanho da área plantada com trigo na safra de 2008/09 para 4,5 milhões de hectares, abaixo da previsão de 4,8 milhões de hectares anunciada no mês passado por conta da falta de chuva em algumas áreas.

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) estimou a colheita argentina de trigo em 13,5 milhões de toneladas para 2008/09.

Segundo a Secretaria de Agricultura, a semeadura da safra 08/09, que está perto do final, vem sendo prejudicada pelo tempo seco, o que provocou a redução da estimativa de plantio.

A Argentina também estimou a área plantada com milho em 08/09, cuja semeadura ainda não começou, em um intervalo de 3,6 a 3,8 milhões de hectares, ante 4 milhões de hectares na safra passada.

O governo informou ainda que a produção de milho em 07/08, cuja colheita já foi finalizada, atingiu 20,5 milhões de toneladas, ante 20,4 milhões previstos no mês anterior.

A secretaria manteve a sua estimativa de produção de soja em 07/08 em 46,5 milhões de toneladas.

Reportagem de Nicolas Misculin e Hilary Burke

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below