EXCLUSIVO-Empresas russa e japonesa disputam Namisa, da CSN

segunda-feira, 21 de julho de 2008 10:53 BRT
 

HONG KONG, 21 de julho (Reuters) - A russa Severstal (CHMF.MM: Cotações), a indiana Essar, a chinesa Shagang Group e um consórcio japonês estão na segunda rodada de ofertas pela Namisa, unidade de minério de ferro da CSN, de acordo com fontes próximas à questão, no que pode ser um acordo de 10 bilhões de dólares.

A CSN (CSNA3.SA: Cotações) SID.N contratou o Goldman Sachs neste ano para vender uma parte ou a Namisa como um todo, aproveitando-se da forte demanda por minério de ferro.

Uma fonte afirmou que o Goldman determinou um valor de 10 bilhões de dólares, o valor mais alto entre os observados por analistas, apesar de vários bancos de investimentos terem citado algo entre 7 e 8 bilhões de dólares.

Procurada pela Reuters, a CSN não comentou o assunto pois está em período de silêncio.

(Com reportagem adicional de Alberto Alerigi Jr., em São Paulo)

(Por Tom Miles)