Obama visita Iraque para se reunir com autoridades e militares

segunda-feira, 21 de julho de 2008 07:31 BRT
 

BAGDÁ (Reuters) - O candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, Barack Obama, viajou ao Iraque na segunda-feira, empurrando a estratégia militar norte-americana e o número de tropas dos EUA servindo no país para o centro da disputa eleitoral de novembro.

Obama defendeu a retirada das tropas de combate norte-americanas do Iraque 16 meses após assumir a Presidência, caso vença as eleições presidenciais. Durante o fim de semana, ele visitou o Afeganistão, outro grande desafio de política externa do próximo presidente dos EUA.

O rival republicano de Obama, John McCain, atacou o democrata por não fazer uma visita para avaliar a situação no Iraque, onde a violência está no menor nível em quatro anos. McCain esteve no Iraque por oito vezes enquanto a única viagem de Obama ao país foi em 2006.

A embaixada norte-americana disse que Obama, que visita o Iraque como parte de uma delegação parlamentar norte-americana, se reunirá com importantes autoridades iraquianas, comandantes militares norte-americanas e as tropas dos EUA no país. Ele não tem agendada nenhuma entrevista coletiva no país.

Buscando melhorar suas credenciais em política externa, Obama viajará para outros países no Oriente Médio e também visitará potências européias nessa semana.

(Por Dean Yates)

 
<p>Obama cumprimenta soldados norte-americanos em Cabul. Na segunda-feira, ele seguiu ao Iraque para se encontrar com miliatres e autoridades D. Photo by Reuters (Handout)</p>