Vale visa atrair investidores europeus listando ações em Paris

segunda-feira, 21 de julho de 2008 09:21 BRT
 

Por Jessica Mead

PARIS (Reuters) - Acesso a mercados da zona do euro e a investidores europeus foram centrais para a decisão da Vale em fazer uma listagem de suas ações norte-americanas na bolsa de Paris, afirmou o presidente-executivo da maior produtora de minério de ferro do mundo, Roger Agnelli, nesta segunda-feira.

O executivo afirmou que a operação vai atrair investidores europeus e oferecer oportunidades de crescimento para a Vale, cujo principal cliente europeu é a maior siderúrgica do mundo, o grupo ArcelorMittal .

"Temos uma visão de longo prazo. Vemos Paris como um centro de liquidez na Europa. Gostaríamos de ter uma base de investidores europeus. Em uma economia global, não há barreiras", disse Roberto Castello Branco, diretor de relações com investidores da Vale, a jornalistas.

A operação também foi bem recebida pela ministra da Economia da França, Christine Lagarde, que participou da entrevista coletiva. Ela afirmou que a decisão da Vale em listar suas ações em Paris mostra que a capital francesa pode competir com Londres como centro financeiro global.

A oferta levantou 11,5 bilhões de dólares após impostos e comissões, menos do que a Vale esperava. Ao lançar a operação, em junho, a mineradora previa captar até 14 bilhões de dólares e mais 1 bilhão de dólares em um lote adicional.

A Vale informou que vai usar o capital gerado na oferta para financiar crescimento de negócios atuais e futuras aquisições, como havia sido estabelecido em seu plano de investimentos de 59 bilhões de dólares.

Entretanto, Castello Branco informou que nenhum ocordo importante é iminente.

"Não temos notícias sobre potenciais aquisições. Não estamos discutindo nada e não temos nada no nosso planejamento", garantiu.   Continuação...