CÂMBIO-Exterior coloca dólar em queda pelo 3o dia ante o real

quinta-feira, 21 de agosto de 2008 10:49 BRT
 

SÃO PAULO, 21 de agosto (Reuters) - A alta das commodities e a queda do dólar no exterior colocavam a moeda norte-americana em baixa diante do real pelo terceiro dia consecutivo em uma sessão volátil nesta quinta-feira.

Às 10h47, a divisa BRBY era cotada a 1,616 real, em baixa de 0,25 por cento. Na véspera, o dólar teve baixa de 0,43 por cento, para 1,620 real.

"A tendência é de oscilação do dólar... vinculado a informações de fora", disse Marcos Forgione, analista da Hencorp Commcor Corretora.

Nesta sessão, o preço das matérias-primas subia 2,01 por cento, de acordo com o índice Reuters-Jefferies .CRB, e o dólar caía 0,66 por cento ante as principais moedas .DXY. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) subia 0,7 por cento .BVSP.

A corretora Concórdia, no entanto, avalia que há espaço para uma acomodação da moeda norte-americana após as últimas duas quedas. "Anteontem e ontem tiveram bastantes ordens (de venda de dólares por exportadores). Hoje já estamos vendo um equilíbrio maior", afirmou.

Além disso, um dos motivos para a queda dos últimos dois dias foi a atuação de investidores estrangeiros no mercado futuro. Eles, após abrirem uma posição comprada em derivativos cambiais no começo do mês, diminuíram em quase 2 bilhões a aposta na valorização do dólar ante o real.

Para a Concórdia, esse movimento pode ter sido apenas uma realização de lucros. "Fatalmente ele (dólar) pode testar 1,60 (real), mas não sei se essa semana", afirmou um gerente da corretora.

Mais cedo, o Banco Central informou que o país teve déficit de 2,111 bilhões de dólares nas transações correntes em julho. O investimento estrangeiro direto somou 3,240 bilhões de dólares em ingressos. Os dados tiveram pouca influência sobre o mercado.

(Reportagem de Silvio Cascione; Reportagem adicional de Jenifer Correa; Edição de Vanessa Stelzer)