PANORAMA1-Entre feriados, mercados olham Petrobras e moradias

sexta-feira, 23 de maio de 2008 08:01 BRT
 

SÃO PAULO, 23 de maio (Reuters) - A agenda doméstica da sexta-feira pós-feriado no Brasil é fraca e os mercados devem repercutir as notícias da noite de quarta-feira, além de ficar de olho no cenário externo. Em Wall Street, o feriado do Memorial Day, da próxima segunda-feira, pode antecipadamente reduzir o ritmo dos negócios.

Após o fechamento dos mercados na quarta-feira, a Petrobras (PETR4.SA: Cotações) confirmou a existência de óleo leve no bloco BM-S-8, conhecido como Bem-te-vi, mas não forneceu dados do tamanho da reserva.

Sem negócios na bolsa doméstica, a repercussão se concentrou nos ADRs da companhia (PBR.N: Cotações), negociados na Bolsa de Nova York. Confirmada a notícia que já era rumor no mercado, e que patrocinaram uma alta de 25 por cento dos papéis em maio, os investidores partiram para a realização de lucros, fazendo os ADRs fecharem com queda de cerca de 4 por cento.

Outro destaque dessa sexta-feira deve ser o Banco do Brasil (BBAS3.SA: Cotações), que informou também na quarta-feira ter iniciado estudos para incorporar o banco estatal paulista Nossa Caixa BNCA3.SA.

Nos Estados Unidos, o destaque é o dado de vendas de moradias usadas em abril. A previsão de analistas é de uma leitura de 4,85 milhões de unidades, ante 4,93 milhões de unidades no mês anterior.

Para a agenda de indicadores do dia, clique [nN23319004].

Veja como encerraram os principais mercados na quarta-feira:

CÂMBIO BRBY   Continuação...