ATUALIZA-Mercado eleva previsões de inflação e juros em 2008

segunda-feira, 21 de janeiro de 2008 11:22 BRST
 

(Reescreve texto com mais informações do relatório e comentários de analista)

SÃO PAULO, 21 de janeiro (Reuters) - As previsões do mercado financeiro brasileiro para a inflação de 2008 estão se aproximando do centro da meta perseguido pelo governo, o que aumenta a possibilidade de juros estáveis ao longo de todo o ano, segundo o relatório Focus do Banco Central divulgado nesta segunda-feira.

A previsão para 2009, contida no documento pela primeira vez, também foi elevada, mas analistas dizem que o cenário para o ano que vem é, por enquanto, menos preocupante.

O prognóstico para a inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) neste ano subiu de 4,29 por cento na semana passada para 4,37 por cento. A estimativa para 2009 passou de 4 para 4,15 por cento.

"Especialmente neste ano fica uma trajetória de expectativas em direção ao centro da meta... Em 2008, a inflação corrente tem vindo alta e isso acaba influenciando a visão do mercado", disse Silvio Campos Neto, economista-chefe do Banco Schahin.

"No ano que vem, por enquanto, a inflação fica um pouco mais confortável e não chega tão cedo perto do centro."

O centro da meta de inflação é de 4,5 por cento, com tolerância de 2 pontos percentuais para cima ou para baixo.

A inflação deste início de ano tem sido pressionado pelo aumentos dos preços de alimentos, em razão das elevadas cotações das commodities internacionais, de uma maior demanda externa e das entressafras das carnes e da cana-de-açúcar.   Continuação...