Possível acordo entre Vale e Xstrata poderia atingir US$100 bi

segunda-feira, 21 de janeiro de 2008 14:37 BRST
 

Por Andrei Khalip

RIO DE JANEIRO/SÃO PAULO (Reuters) - A Vale anunciou nesta segunda-feira que tem mantido negociações para uma eventual aquisição da mineradora anglo-suíça Xstrata, num acordo que, se confirmado, poderia atingir mais de 100 bilhões de dólares, segundo analistas.

"Tudo indica que uma proposta realmente pode acontecer, mas não é uma tarefa trivial para a Vale. É quase todo o valor da companhia que estaria sendo colocado no negócio", afirmou Rodrigo Ferraz, um analista de mineração do Banco Brascan, no Rio de Janeiro.

Ferraz estimou que o valor do acordo poderia atingir 104 bilhões de dólares, incluindo um prêmio de 37 por cento, sem considerar a dívida líquida da Xstrata.

O valor de mercado da Vale é de cerca de 125 bilhões de dólares.

A Vale, maior produtora de minério de ferro do mundo, informou em comunicado mais cedo que, apesar de manter negociações com a Xstrata, ainda não há qualquer definição sobre um possível acordo.

"No contexto do processo de consolidação global da indústria de mineração, a Vale tem mantido entendimentos com a Xstrata Plc, os quais não chegaram, até o momento, a qualquer resultado concreto", informou um comunicado.

Ao comentar notícias de que estaria preparando a aquisição da Xstrata, a Vale informou ainda que também analisa outras opções envolvendo empresas do setor, igualmente sem qualquer resultado concreto até o momento.

Ferraz e outros analistas no Brasil afirmaram que o atual perfil da Vale, fortemente baseado em minério de ferro, deixa a companhia protegida da volatilidade nos preços dos metais. Os preços do minério de ferro são acertados uma vez por ano entre produtores e clientes.   Continuação...