Petrobras anuncia grande área de gás na bacia de Santos

segunda-feira, 21 de janeiro de 2008 19:26 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Petrobras informou ter descoberto uma "grande jazida" de gás natural e condensado na camada pré-sal da bacia de Santos, a apenas 37 quilômetros da área de Tupi, onde foi descoberto recentemente um campo gigante de petróleo.

A estatal informou que o poço denominado Júpiter, perfurado pelo consórcio em que é operadora e que tem a participação da portuguesa Galp Energia (20 por cento), encontrou uma estrutura que "pode ter dimensões similares às de Tupi".

"A espessura do intervalo portador de hidrocarbonetos é de mais de 120 metros", anunciou a Petrobras em comunicado.

A estatal não forneceu detalhes sobre a quantidade de gás e condensado que a nova jazida pode conter.

"O consórcio dará continuidade às atividades e investimentos necessários para a verificação das dimensões desta nova jazida, assim como das características dos reservatórios portadores de gás natural e condensado", informou a estatal.

A camada pré-sal é uma região ultraprofunda que se estende por 800 quilômetros desde o litoral do Espírito Santo ao de Santa Catarina.

Foi nessa faixa que a Petrobras descobriu o megacampo de petróleo batizado de Tupi, que pode conter até 8 bilhões de barris.

Apesar de promissora, a faixa pré-sal exige elevado investimento para prospecção.

De acordo com o comunicado, a jazida de gás e de condensado (hidrocarboneto geralmente líquido) foi encontrada na perfuração do poço pioneiro do bloco BM-S-24, batizado de Júpiter.

O poço atingiu a profundidade de 5.252 metros, distante 290 quilômetros da costa do Estado do Rio.

(Reportagem de Marcelo Teixeira)