Demanda forte no Brasil e emergentes puxa venda da Volkswagen

segunda-feira, 21 de julho de 2008 14:57 BRT
 

FRANKFURT, 21 de julho (Reuters) - As vendas de veículos da Volkswagen (VOWG.DE: Cotações) subiram 5,8 por cento no primeiro semestre para um recorde de 3,27 milhões de unidades graças à forte demanda no Brasil, China e Leste Europeu, informou a maior montadora da Europa nesta segunda-feira.

Em junho apenas, as entregas do grupo aumentaram 2,4 por cento, para um recorde de 573 mil veículos, enquanto o mercado no geral se contraiu 5,1 por cento, informou a companhia.

O mercado global cresceu apenas 1 por cento no semestre.

A empresa informou que as vendas no Brasil subiram 21,8 por cento, para 316 mil unidades, enquanto nas áreas centrais e do leste da Europa houve expansão de 18,7 por cento, para 282 mil veículos.

Na China, a Volkswagen obteve crescimento de 23,2 por cento, para 531,6 mil veículos no primeiro semestre, na primeira vez em que as vendas superam a marca do meio milhão de unidades.

O maior crescimento percentual registrado pelo grupo no período aconteceu na Índia, onde as vendas dispararam 69,2 por cento, para 10.400 veículos. As vendas na Rússia subiram 63,3 por cento, para 59 mil unidades.

Na Europa o grupo entregou 1,84 milhão de veículos, alta de 1,3 por cento nos primeiros seis meses do ano.

(Por Christiaan Hetzner e Michael Shields)