PANORAMA1-Mercado chega dividido à semana de decisão do Copom

segunda-feira, 21 de julho de 2008 07:40 BRT
 

SÃO PAULO, 21 de julho (Reuters) - O mercado brasileiro chega à semana de decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) ainda dividido. Não há dúvidas entre analistas e investidores de que haverá um novo aumento da Selic, mas de quanto?

Pesquisa da Reuters publicada na última quinta-feira mostrou que 24 economistas prevêem elevação da taxa básica em 0,50 ponto percentual, para 12,75 por cento ao ano. Eles argumentam que a política monetária já está voltada para 2009, quando o cenário inflacionário é mais benigno.

Outros 13 estimam um aperto mais forte, de 0,75 ponto percentual, para estancar o processo de deterioração das expectativas de inflação.

Com isso, o relatório Focus desta segunda-feira ganha ainda mais importância.

Há uma semana, a mediana dos prognósticos para o IPCA deste ano subiu de 6,4 para 6,48 por cento e de 2009 avançou de 4,91 para 5,0 por cento. Mas as instituições "Top 5", com maior número de acerto, reduziram a projeção deste ano de 6,6 para 6,53 por cento e mantiveram a do ano que vem em 5,0 por cento.

O indicador mais importante de inflação previsto na semana --o IPCA-15 de julho-- não chega a tempo de temperar as apostas para a Selic. O dado será divulgado na quinta-feira.

Para a agenda do dia, clique [nN21326616]

  Continuação...