Alta do petróleo e farmacêuticas pesam sobre Wall Street

segunda-feira, 21 de julho de 2008 18:31 BRT
 

Por Kristina Cooke

NOVA YORK (Reuters) - As bolsas de valores norte-americanas fecharam em baixa nesta segunda-feira, com os preços do petróleo se recuperando da forte queda da última semana. Além disso, Merck e Schering-Plough derrubaram as ações do setor farmacêutico e ofuscaram a alta dos bancos após o Bank of America divulgar resultados acima do esperado.

O índice Dow Jones teve baixa de 0,25 por cento, a 11.467 pontos. O Standard & Poor's 500 registrou variação negativa de 0,05 por cento, a 1.260 pontos. O Nasdaq recuou 0,14 por cento, a 2.279 pontos.

As ações da Merck e da Schering-Plough caíram após um lucrativo remédio contra colesterol desenvolvido conjuntamente não passar em um teste clínico e levantar pela primeira vez questões sobre risco potencial de câncer.

Após o fechamento, a Merck divulgou lucro de 1,77 bilhão de dólares, ou de 0,82 dólar por ação. Apesar do bom resultado, o mercado reagiu negativamente à falta de previsões financeiras de longo prazo.

Os preços do petróleo afetaram ainda mais o humor dos investidores, superando de novo 131 dólares por barril.

Mas ações de bancos mantiveram os ganhos da última semana, após o Bank of América se juntar aos rivais Wells Fargo, JP Morgan Chase e Citigroup divulgando resultados acima do esperado.

"As notícias da Merck são específicas para aquele setor --você ainda tem os ganhos do petróleo, que está atingindo os varejistas e os mercados em geral", disse Robert Francello, chefe de operações de ações da Apex Capital.

"Mas as financeiras estão indo bem após os resultados surpreendentemente fortes do Bank of America, então isto está ajudando o mercado."