Bernardo: queda do dólar é problema derivado de virtudes do país

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008 18:20 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, ponderou nesta quinta-feira que a queda do dólar ao menor nível desde 1999 é um problema derivado de algumas virtudes do país, mas não descartou medidas para compensar áreas mais afetadas.

"É um problema que temos quando se fala do ponto de vista dos exportadores.... mas é um problema que temos em virtude das nossas vantagens", afirmou a jornalistas no Rio de Janeiro.

"O Brasil está num momento tão bom que esse fluxo de dólares leva a essa boa situação, mas temos que rever isso com outros mecanismos", acrescentou o ministro, lembrando que o projeto de reforma tributária será levado ao Congresso na próxima semana e que a segunda fase da política industrial pode contemplar alguns pleitos. Ele não deu detalhes.

Bernardo também comentou o fato de o Brasil ter se tornado credor externo em janeiro, segundo estimativas do Banco Central, afirmando que é mais uma notícia que indica que as perspectivas do país são boas, apesar do cenário externo tenso devido aos temores de recessão nos Estados Unidos.

"Essa crise internacional não vai nos trazer grandes problemas."

(Por Rodrigo Viga Gaier)