Produção da Petrobras cai 5% em outubro ante 2006

quarta-feira, 21 de novembro de 2007 11:53 BRST
 

Por Denise Luna

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A produção de petróleo nacional da Petrobras em outubro caiu 2,3 por cento contra setembro e 5 por cento em relação há um ano, quando a companhia obteve 1,821 milhão de barris diários.

No mês passado, a produção da estatal ficou em 1,729 milhão de barris diários, segundo comunicado da empresa divulgado nesta quarta-feira.

A Petrobras explicou que a queda ocorreu devido a paradas programadas e não programadas de plataformas. Além disso, o declínio natural dos campos reduz a produção, que precisa ser reposta.

"A diferença de 40 mil barris diários (em relação a setembro) foi em função das paradas programadas em PGP-1 (Garoupa) e P-09 (Corvina) e da parada não programada da P-25 (Albacora) para reparos", revelou a companhia, afirmando ainda que em todos os casos a situação já está normalizada.

A queda já era esperada pelo mercado por causa de um acidente na plataforma P-25, instalada no campo de Albacora, na bacia de Campos, que deixou a unidade que produz cerca de 65 mil barris por dia parada por 11 dias.

Para o analista Luiz Otavio Broad, da corretora Àgora, apesar da redução em outubro, a tendência é de crescimento da produção da estatal, mas o desempenho do ano já está comprometido.

"Novembro não tem esse acidente (da P-25) e tem a FPSO Cidade Vitória (campo de Golfinho) entrando em operação", explicou o analista, referindo-se à plataforma instalada esta semana na bacia do Espírito Santo.

Já a plataforma P-52, a ser instalada no campo de Roncador com capacidade para produzir 180 mil barris diários, estava prevista para entrar em novembro, mas está atrasada. A entrada de outra unidade do mesmo campo, a P-54, com a mesma capacidade, foi adiada para dezembro.   Continuação...