Morales pede aceleração de referendo sobre nova Constituição

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008 21:34 BRT
 

LA PAZ (Reuters) - O presidente da Bolívia, Evo Morales, pediu nesta sexta-feira ao Congresso que convoque com urgência um referendo sobre uma nova Constituição nacional, para frear demandas regionais de autonomia que "poderiam ameaçar seriamente" a unidade do país.

O presidente fez o pedido um dia antes de iniciar uma viagem internacional de 13 dias e à medida que líderes parlamentares buscam um acordo para colocar um fim à polarização política causada pelo processo de mudança constitucional e os referendos sobre autonomia.

Morales disse em uma carta ao vice-presidente Alvaro García, líder do Congresso, que a "refundação" da Bolívia mediante uma nova Carta estava bloqueada por "processos eleitorais irregulares à margem da lei, que poderiam ameaçar seriamente a unidade e integridade da pátria".

Morales se referiu a um referendo sobre autonomia convocado para maio pelo governador de oposição do rico Estado agrícola e petrolífero de Santa Cruz, e a consultas semelhantes anunciadas em pelo menos outros quatro dos nove Estados bolivianos.

(Por Carlos Alberto Quiroga)