April 22, 2008 / 11:00 AM / in 9 years

Mercados da Ásia encerram em queda por temor com balanços

3 Min, DE LEITURA

<p>As principais bolsas asi&aacute;ticas terminaram esta ter&ccedil;a-feira em queda, com os investidores recuando frente a not&iacute;cias ruins do setor banc&aacute;rio enquanto novos temores sobre a queda do d&oacute;lar impactaram empresas voltadas para exporta&ccedil;&otilde;es. Photo by Aly Song</p>

Por Tom Miles

HONG KONG (Reuters) - As principais bolsas asiáticas terminaram esta terça-feira em queda, com os investidores recuando frente a notícias ruins do setor bancário enquanto novos temores sobre a queda do dólar impactaram empresas voltadas para exportações.

O índice MSCI da Ásia Pacífico exceto Japão tinha leve alta de 0,05 0,02 por cento, aos 485 pontos, nesta manhã.

O índice Nikkei da bolsa de Tóquio fechou em queda de 1,09 por cento, em 13.547 pontos, derrubado por exportadoras como a Honda Motor com o iene mais forte reduzindo previsões de lucros.

O movimento deu fim a uma seqüência de cinco pregões consecutivos de valorizações.

"Wall Street tem se mostrado surpreendentemente resistente, mas não sabemos se isso irá durar, e ainda temos muitos balanços a serem digeridos no Japão e nos Estados Unidos", afirmou Koichi Ogawa, gerente de portfólio na Daiwa SB Investments.

As esperanças de que o fim dos desdobramentos da crise de crédito estaria perto foi por água abaixo na segunda-feira depois que o Bank of America, maior banco de varejo dos Estados Unidos, mostrou uma queda de 77 por cento no lucro trimestral.

Mais notícias ruins podem vir depois que o banco britânico Royal Bank of Scotland anunciou uma emissão de 12 bilhões de libras (24 bilhões de dólares) para cobrir uma potencial baixa contábil de 5,9 bilhões de libras.

"Todo o mercado financeiro está tenso, papéis de instituições financeiras em particular", afirmou Peter Vann, chefe de pesquisa de investimento na Constellation Capital Management.

Em Seul, a queda da bolsa foi de 0,72 por cento, para 1.787 pontos, com as ações do Samsung Group em baixa depois que o presidente do conselho, Lee Kun-hee, indiciado por evasão de impostos na semana passada, afirmou que irá deixar o cargo do maior conglomerado do país.

Na Austrália a bolsa fechou com desvalorização de 0,64 por cento, para 5.564 pontos.

Reportagem adicional de Geraldine Chua e Rika Otsuka

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below