BOLSA EUROPA-Bancos puxam quedas diante de dúvidas sobre pacote

segunda-feira, 22 de setembro de 2008 08:21 BRT
 

Por Joanne Frearson

LONDRES, 22 de setembro (Reuters) - As bolsas de valores da Europa operavam em queda nesta segunda-feira, acompanhando futuros em baixa de Wall Street e puxadas pelo setor bancário, enquanto investidores esperam por detalhes do pacote dos Estados Unidos de resgate do setor financeiro. O movimento contrabalançava uma alta em papéis vinculados a commodities que avançam com a subida de preços de metais e do petróleo.

Às 8h17 (horário de Brasília), o índice das principais ações européias, FTSEurofirst 300 .FTEU3, estava em queda de 0,51 por cento, para 1.144 pontos, depois de uma escalada de 8,2 por cento na sexta-feira, no que foi a maior alta registrada em um único dia do indicador.

Ações de bancos estavam entre as maiores quedas do índice, com o HSBC (HSBA.L: Cotações) e Santander (SAN.MC: Cotações) recuando entre 1,6 e 3,5 por cento. Por outro lado, Barclays (BARC.L: Cotações), Société Générale (SOGN.PA: Cotações) e Lloyds TSB (LLOY.L: Cotações) subiam entre 0,4 e 1 por cento.

"Nós precisamos saber mais detalhes sobre o plano de resgate. O que está faltando é saber o preço que as autoridades norte-americanas pagarão pelos títulos podres. Isso determinará o desempenho futuro do setor bancário", disse Heino Ruland, analista do FrankfurtFinanz.

"No longo prazo, o pacote será um fardo para a economia, norte-americana à medida que os contribuintes terão de pagar por isso. Os investidores estão desapontados com a falta de detalhes do pacote", acrescentou Ruland.

Ao mesmo tempo, o Goldman Sachs (GS.N: Cotações) e o Morgan Stanley (MS.N: Cotações) estão abrindo mão do status de banco de investimento para voltar para baixo das asas do Federal Reserve e resistir à crise que forçou o rival Lehman Brothers LEHMQ.PK, que entrou com pedido de falência.

As ações do setor de energia tinham alta depois que o preço do petróleo CLc1 subia 2,2 por cento, para 106,85 dólares o barril. As ações da BP (BP.L: Cotações), Royal Dutch Shell (RDSa.L: Cotações) e BG BG.L apresentavam alta entre 1 e 2,5 por cento.

As mineradoras também avançavam com os preços dos metais. O cobre MCU3=LX, por exemplo, subia 1,7 por cento. A ações de Eurasian Natural Resources ENRC.L, BHP Billiton (BLT.L: Cotações), Vedanta Resources (VED.L: Cotações) e Xstrata XTA.L subiram entre 2 e 5 por cento.   Continuação...