CORREÇÃO-Minc anuncia licença de Angra 3 com"exigências brutais"

terça-feira, 22 de julho de 2008 18:39 BRT
 

(Corrige no 1o parágrafo que ministério concedeu licença prévia, e não de instalação)

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, declaradamente contrário à energia nuclear, informou que a Licença Prévia da terceira usina nuclear brasileira, Angra 3, no Rio de Janeiro, será liberada na quarta-feira.

"Sai amanhã, mas com exigências brutais", disse o ministro a jornalistas, após reunião do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) nesta terça-feira.

De acordo com Minc, a Eletronuclear, responsável pela construção da unidade, terá que encontrar uma solução definitiva para o lixo nuclear; contratar um monitoramento independente dos níveis da radiação; resolver o problema de saneamento em Angra dos Reis e na cidade vizinha Parati; e adotar o Parque Nacional da Serra da Bocaina.

De acordo com especialistas, apenas encontrar uma solução definitiva para o lixo nuclear já é algo difícil.

Essas condições terão que ser cumpridas para que a empresa obtenha a Licença de Operação, segundo Minc.

Angra 3 terá a mesma capacidade de Angra 2, ou 1,3 mil megawatts, e a previsão é de que comece a operar em 2013.

(Reportagem de Fernando Exman)