Baosteel e Vale chegam a acordo para alta de 65% no minério

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008 07:18 BRT
 

XANGAI/PEQUIM (Reuters) - A Baosteel concordou, em nome de siderúrgicas chinesas, em pagar 65 por cento mais pelo minério de ferro vendido pela Vale e 71 por cento a mais pelo produto d Carajás, dada sua qualidade mais alta, informou a empresa nesta sexta-feira.

Fabricantes de aço japonesas, sul-coreanas e alemãs já chegaram a acordos com a Vale para aumento de 65 por cento no minério de ferro de Itabira ou do Sistema Sul, a partir de 1o de abril.

As fabricantes de aço japonesas pagarão 71 por cento mais e a alemã ThyssenKrupp 66 por cento mais pelo minério de Carajás.