Samsung desiste de proposta de compra da SanDisk por US$5,9 bi

quarta-feira, 22 de outubro de 2008 08:04 BRST
 

SEUL, 22 de outubro (Reuters) - A Samsung Electronics, maior fabricante de chips de memória do mundo, retirou sua oferta de 5,9 bilhões de dólares para compra da fabricante de cartões de memória flash SanDisk. A empresa citou aprofundamento de prejuízos da companhia norte-americana e cenário econômico incerto.

Fabricantes de chips de memória estão se preparando para outra rodada de pesados prejuízos trimestrais diante de um recuo da indústria que não mostra sinais de recuperação.

"Não estamos mais interessados em comprar a SanDisk a 26 dólares por ação", afirmou em carta direcionada à diretoria da SanDisk o presidente-executivo da Samsung, Lee Yoon-woo.

A SanDisk rejeitou oferta da Samsung no mês passado, afirmando que a proposta não compreendia o valor "intrínseco" da propriedade intelectual da companhia.

No pregão de Frankfurt, as ações da SanDisk SNDK.F despencavam mais de 6 por cento às 7h35 (horário de Brasília). Este ano o papel acumula desvalorização de 55 por cento.

A SanDisk divulgou na segunda-feira prejuízo acima do esperado para o trimestre passado e afirmou que venderia equipamentos para a parceira Toshiba em uma tentativa de melhorar suas finanças.

Várias tentativas de aquisição hostil fracassaram nos últimos meses diante da dificuldade de compradores em financiar as compras em meio à crise global de crédito e companhias alvo de ofertas acreditando firmemente que o valor deprimido de suas ações não reflete seu valor correto.

(Por Rhee So-eui e Marie-France Han)