"A vaga é da Dilma", diz Marta sobre sucessão de Lula

sexta-feira, 22 de agosto de 2008 19:55 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Um dos principais nomes do PT para disputar a Presidência da República em 2010, Marta Suplicy rechaçou nesta sexta-feira sua candidatura e disse que este lugar pertence à ministra Dilma Rousseff (Casa Civil).

"Isso é como falar da lua para quem está tentando conquistar a terra", reagiu Marta quando indagada por jornalistas se alimenta o sonho da Presidência.

"A vaga é da Dilma", resumiu.

A ministra da Casa Civil tem sido apontada como a candidata preferida do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Atual candidata à prefeitura de São Paulo, Marta afirmou que pretende ser prefeita por dois mandatos.

"Eu quero é ser prefeita por oito anos, é o que eu tenho dito, não só quatro, mas oito anos. Eu acho que foi muito importante na nossa gestão (2001-2004) o que a gente conseguiu fazer, mas depois foi por água abaixo. Então se você consegue ter mais tempo, consegue deixar uma obra que não dá para mexer", afirmou.

As declarações foram feitas depois que Marta, ex-ministra do Turismo, visitou uma aldeia indígena na região noroeste da cidade. (Reportagem de Carmen Munari)