Lula reafirma não ser candidato em 2010 ao celebrar Constituinte

quarta-feira, 22 de outubro de 2008 14:20 BRST
 

BRASÍLIA, 22 de outubro (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva aproveitou a comemoração dos 20 anos da Constituinte de 1988, nesta quarta-feira, para reafirmar que não concorrerá a um terceiro mandato nas próximas eleições.

"Depois que nós conquistamos a eleição direta para presidente, vocês sabem que 2010 vai ser a primeira eleição em que eu não sou candidato", disse Lula diante de uma platéia repleta de deputados senadores, ministros e ex-parlamentares.

"Não sei se alguém vai ter saudades, mas é uma coisa interessante", brincou Lula sobre a sua ausência na disputa presidencial.

Um dos deputados que elaborou a histórica Constituição de 1988, que sucedeu a ditadura militar, Lula contou em seu discurso que nunca quis ser deputado e que após a Constituinte saiu com outras pretensões.

O presidente salientou ainda que ao fim de seu mandato, dos 22 anos de democracia com eleição direta no Brasil pós-ditadura, 19 foram governados por ex-constituintes, como ele próprio e os ex-presidentes Itamar Franco e Fernando Henrique Cardoso.

"As pessoas que governaram esse país após a Constituição de 88, com rarísssimas exceções, são pessoas que participaram da Constituinte e foram marcadas por ela", disse Lula.

(Reportagem de Fernando Exman, Edição de Mair Pena Neto)