Obra de CEU vira disputa entre Kassab e Marta em SP

quarta-feira, 22 de outubro de 2008 16:25 BRST
 

SÃO PAULO, 22 de outubro (Reuters) - Na reta final da campanha, Gilberto Kassab (DEM) e Marta Suplicy (PT), candidatos a prefeito de São Paulo, transformaram a obra de um CEU (Centro Educacional Unificado) em disputa eleitoral.

Um dia após chorar por ter sido barrada na entrada das obras do CEU de Vila Formosa, na zona leste da cidade, Marta acusou Kassab (DEM) de manipular a população.

"As pessoas estão votando numa pessoa que fez manipulação. Foi manipulação desde o começo. Vinte e cinco CEUs, que foram treze no fim. Tudo isso as pessoas estão vendo", disse Marta a jornalistas nesta quarta-feira, na zona leste, referindo-se ao número de centros educacionais prometidos por Kassab e os que teriam sido feitos.

A candidata aceitou o desafio proposto por Kassab no debate de domingo da TV Record e tentou visitar as obras do CEU na terça-feira, mas foi impedida de entrar por operários da obra que alegaram motivos de segurança.

"Em vez de ir ontem lá mostrar o estágio que estava, ele fez uma exposição virtual em um escritório fechado e mostrou o que não existia", afirmou a candidata.

Kassab acompanhou o estágio do CEU em uma sala de situação na secretaria de Infra-Estrutura Urbana e Obras, acompanhado da imprensa. Nesta quarta-feira, reafirmou que visitará a obra e disse que Marta não avisou previamente sobre a visita.

"Todos os nossos equipamentos estão abertos aos candidatos, mas exitem regras. Segundo os engenheiros da obra, ela não entrou por questão de segurança", disse Kassab em evento na avenida Paulista.

Ele reafirmou que a obra estará pronta no fim de janeiro, mesmo que incompleta. "É melhor a criança estar num CEU sem estar terminado do que ficar no terceito turno", disse o prefeito à rádio CBN.

Para Marta, "ele podia ter dito que não vai ser entregue já, mas vai ser entregue em meados do ano que vem. Eu acho que a população até compreenderia". Ela não respondeu se voltará ao CEU para uma nova visita a convite do prefeito.   Continuação...