Meirelles defende aumento das reservas internacionais do país

segunda-feira, 22 de outubro de 2007 07:24 BRST
 

Por Walter Brandimarte WASHINGTON (Reuters) - O forte acumulo de reservas internacionais pelo Brasil mostrou-se "extremamente válido" para proteger a economia das turbulências internacionais, afirmou o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, no domingo.

Nos últimos dois anos, as reservas brasileiras registraram um aumento de 100 bilhões de dólares, para 162 bilhões de dólares. A maior parte destes recursos é aplicada em títulos do Tesouro norte-americano.

Para Meirelles, as reservas "garantem a solvência e liquidez do país em momentos de crise".

"Isso se provou extraordinariamente útil para o país, muito mais do que os custos de manter essas reservas", disse Meirelles a jornalistas em Washington, onde participou das reuniões do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial.

Meirelles confirmou que o governo estuda a criação de um fundo soberano que será estabelecido quando as reservas atingirem um nível confortável, que será determinado pelo governo.