July 22, 2008 / 10:57 AM / in 9 years

PANORAMA1-Agenda fraca e 1o dia de Copom ditam clima de espera

4 Min, DE LEITURA

SÃO PAULO, 22 de julho (Reuters) - A terça-feira promete marcha lenta nos mercados brasileiros, sem indicadores importantes na agenda e a expectativa pela decisão do Comitê de Política Monetária (Copom).

O colegiado do Banco Central inicia a reunião de dois dias, com investidores divididos sobre o ritmo de alta da Selic. Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), as projeções sustentaram alta na véspera, com o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) janeiro de 2010 --o mais negociado-- flertando novamente com níveis acima de 15 por cento ao ano.

Nos Estados Unidos, a fabricante de máquinas e equipamentos pesados Caterpillar (CAT.N) divulga resultados trimestrais e merece a atenção dos investidores por ser um termômetro da economia. O Yahoo YHOO.O também publica balanço.

COMMODITIES & ENERGIA

O Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), formado por vários ministros do governo, reúne-se em Brasília, às 15h, e um dos principais temas em pauta é a questão das rodadas de licitação de novas áreas de exploração de petróleo e gás. Ainda não há definição sobre o que acontecerá com as rodadas de número 8 e 10 --a primeira foi suspensa em 2006 após questionamento jurídico e a segunda está sob risco de não ocorrer nesse ano.

Também em Brasília, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) julga recurso da Odebrecht contra alterações feitas pelo consórcio liderado pela Suez no projeto da hidrelétrica de Jirau, no rio Madeira, que permitiram redução de custo e levaram à vitória do grupo no leilão.

Em Genebra, segue a reunião ministerial da Organização Mundial do Comércio (OMC) para tratar da rodada de Doha.

Para a agenda do dia, clique [nN22440000]

Veja como encerraram os principais mercados na segunda-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,580 real, em baixa de 0,57 por cento. O volume no segmento interbancário foi de 3,33 bilhões de dólares.

Bolsa .Bvsp

O Ibovespa avançou 1,3 por cento, a 60.771 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 6,097 bilhões de reais, inflado em 657,8 milhões de reais pelo exercício de opções.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em alta de 1,50 por cento, aos 37.517 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) fecharam em alta na BM&F. O DI janeiro de 2009 subiu a 13,53 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 avançou a 15,03 por cento.

Global 40 braglb40=Rr

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, subia levemente, para 131,31 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,57 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil subia 1 ponto, a 227 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 283 pontos-básicos.

Bolsas Dos Eua

O índice Dow Jones .DJI caiu 0,25 por cento, a 11.467 pontos. O Nasdaq .IXIC perdeu 0,14 por cento, a 2.279 pontos. O índice S&P 500 .SPX teve variação negativa de 0,05 por cento, aos 1.260 pontos.

Treasuries De 10 Anos us10yt=Rr

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, subia discretamente e o rendimento caía para 4,05 por cento no final da tarde ante 4,09 por cento na sexta-feira.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

Por Daniela Machado; Edição de Renato Andrade

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below