Paulson, dos EUA, vê influência crescente de mercados emergentes

segunda-feira, 22 de outubro de 2007 12:43 BRST
 

WASHINGTON, 22 de outubro (Reuters) - O secretário do Tesouro norte-americano, Henry Paulson, disse nesta segunda-feira que o crescimento global e a solidez do mercado financeiro dependem cada vez mais das economias emergentes, e que a influência delas sobre as instituições financeiras multilaterais deve ser aumentada.

Em comentários preparados para o encontro anual do Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional (FMI), Paulson disse que as economias emergentes como China, Índia e Rússia devem ter uma parcela maior de representação nas duas instituições.

"China, Índia e Rússia representam metade do crescimento global", afirmou.

"Os mercados emergentes como um todo estão crescendo duas vezes mais rápido que as economias industrializadas, e representam uma parcela cada vez maior do comércio global e do investimento. Essa realidade precisa ser refletida nas instituições financeiras e econômicas internacionais, tanto no foco do trabalho quanto na estrutura administrativa."