Medo de recessão nos EUA reduz projeção de demanda do petróleo

terça-feira, 22 de janeiro de 2008 09:42 BRST
 

LONDRES, 22 de janeiro (Reuters) - Os receios acumulados sobre recessão nos Estados Unidos pioraram as perspectivas da Opep da demanda por petróleo este ano, afirmou o grupo nesta terça-feira, acrescentando que os altos preços podem afetar os consumidores mais à frente.

Em seu relatório mensal, a Opep estima que a economia mundial deva crescer cerca de 4,7 por cento em 2008, abaixo da previsão de 5,3 por cento no ano anterior.

"Com cada vez mais evidências de uma desaceleração na economia dos Estados Unidos para o fim do ano, o medo de uma recessão se multiplicou", aponta o relatório.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo projeta que a demanda mundial por petróleo aumente 1,3 bilhões de barris por dia (bpd), firme ante estimativa anterior e muito abaixo de algumas projeções.

O grupo, responsável por mais de um terço do petrólo do mundo, está mais pessimista sobre a demanda do que a Agência Internacional de Energia, que semana passada reduziu suas estimativas para crecimento da demanda para 1,98 milhões de barris por dia.

(Reportagem de Randy Fabi)