Bolsas européias recuam com temor de desaceleração econômica

segunda-feira, 22 de outubro de 2007 15:27 BRST
 

Por Peter Starck

FRANKFURT (Reuters) - O principal índice de ações européias caiu pela terceira sessão seguida nesta segunda-feira, à medida que o temor de desaceleração econômica abalou mineradoras, como a Anglo American, e que a preocupação com o impacto do aperto do crédito atingiu papéis do setor financeiro.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações das empresas européias, caiu 1,29 por cento, para 1.543 pontos. É o nível mais baixo desde o fechamento de 26 de setembro.

"O mercado está em uma fase de correção e isso pode continuar ao longo da semana", disse o Commerzbank em relatório.

"Os investidores estão com o foco mais uma vez em fatos concretos, como os resultados trimestrais das companhias e suas perspectivas", afirmou o Commerzbank, acrescentando que, nos Estados Unidos, a temporada de divulgação de resultados corporativos deu poucos motivos para comemoração, e que, na Europa, eles têm sido divergentes.

As empresas da área de recursos básicos na Europa, que incluem as companhias mineradoras, tiveram a pior performance setorial desta segunda-feira, com a baixa do cobre e do ouro.

A Anglo American caiu 4,8 por cento, a BHP Billiton recuou 3,9 por cento e a Rio Tinto teve baixa de 3,7 por cento.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em queda de 1,05 por cento, a 6.459 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX retrocedeu 1,13 por cento, para 7.794 pontos.   Continuação...