JURO-Taxas caem na BM&F com corte extraordinário do Fed

terça-feira, 22 de janeiro de 2008 16:12 BRST
 

SÃO PAULO, 22 de janeiro (Reuters) - As projeções de juros acompanharam a reação global ao corte de juro nos Estados Unidos e mostraram alívio nesta terça-feira, após a forte alta na véspera.

Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) janeiro de 2009 caiu de 12,04 para 11,97 por cento ao ano. O DI janeiro de 2010 recuou de 12,99 para 12,91 por cento.

O volume de negócios foi expressivo, a exemplo da segunda-feira de estresse diante das perspectivas de recessão nos EUA.

O mercado também manteve a expectativa de manutenção da Selic na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) que termina nesta quarta-feira.

Nos EUA, o Federal Reserve cortou o juro básico e a taxa de redesconto em 0,75 ponto percentual em uma decisão extraordinária. A próxima reunião formal do Fed está agendada para a semana que vem.

TÍTULOS PÚBLICOS

O Tesouro Nacional vendeu toda a oferta de LTN em leilão realizado nesta terça-feira.

Os 500 mil títulos com vencimento em janeiro de 2009 saíram pela taxa média de 12,045 por cento. No vencimento janeiro de 2010, os outros 500 mil papéis tiveram taxa de 12,98 por cento.   Continuação...