CÂMBIO-Dólar segue fluxo e cai pela quinta sessão seguida

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008 10:10 BRT
 

SÃO PAULO, 22 de fevereiro (Reuters) - O dólar operava em queda pela quinta sessão consecutiva nesta sexta-feira, em dia de muita tranquilidade nos mercados externos com agenda fraca de indicadores macroeconômicos.

Às 10h04, a moeda norte-americana BRBY caía 0,41 por cento, a 1,704 real. Na véspera a moeda fechou no seu menor nível desde maio de 1999.

"Hoje é um dia de agenda muito fraca, não tem nada nos mercados, e sem nada o mercado (cambial) fica à mercê de fluxo (da divisa)", disse Rodrigo Nassar, gerente da mesa financeira da Hencorp Commcor Corretora.

"O fluxo é positivo por uma somatória de fatores", afirmou Nassar, citando o alto diferencial entre as taxas interna e externas de juros e as especulações de que o aumento do rating brasileiro para "investiment grade" pode vir ainda neste ano, após um relatório do Banco Central afirmar que o país passou a ser credor externo em janeiro.

"A crescente expectativa de que o upgrade vai acontecer ainda neste ano está levando os investidores a aumentar suas posições em ativos brasileiros, apesar de o ambiente externo apresentar perspectivas de baixo crescimento e encarecimento do crédito", afirmou em relatório Miriam Tavares, diretora de câmbio da AGK Corretora.

Mas a diretora alertou que os investidores podem "até mesmo reverter um pouco suas posições em ativos locais nos momentos em que o cenário externo estiver menos favorável".

(Por Fabio Gehrke; Edição de Vanessa Stelzer)