BOVESPA-Mercados sobem com cenários interno e externo favoráveis

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008 11:53 BRT
 

SÃO PAULO, 22 de fevereiro (Reuters) - O otimismo com o cenário interno e a relativa calmaria dos mercados internacionais favoreciam a Bolsa de Valores de São Paulo nesta sexta-feira que operava em alta e já anulava as perdas acumuladas no ano.

Às 11h48, o Ibovespa .BVSP subia 0,36 por cento aos 64.020 pontos. O volume financeiro negociado era de 806 milhões de reais. Com a valorização desta manhã, o índice volta a zerar as perdas do ano que chegaram a 16 por cento em meados de janeiro.

"Acreditamos que a Bovespa está cada vez mais se descolando do cenário externo. Existe um grande otimismo em relação à situação da economia brasileira", disse um operador que não quis ser identificado.

Segundo analistas, uma série de fatores internos favorecem o desempenho da bolsa paulista, entre eles, os índices de inflação sob controle, o bom desepenho dos bancos e a valorização das ações do setor de siderurgia, principalmente da Vale (VALE5.SA: Cotações).

A notícia divulgada na quinta-feira de que o Brasil passou a ser credor externo, o que pode ajudar o país a conseguir o grau de investimento, também colaborava para o otimismo geral.

O operador lembrou, no entanto, que o cenário externo ainda desperta atenção, mas em graus menores de temor e tensão.

Nesta sexta-feira, as bolsas asiáticas fecharam em queda influenciadas pelos EUA. Já a Europa abriu em queda, mas conseguiu se recuperar e operava com estabilidade.

Nos Estados Unidos, as bolsas também operavam em leve alta neste início de pregão.

Na Bovepa, a Vale subia 0,70 por cento, negociada a 50,47 reais. Nesta sexta-feira, a empresa informou que o grupo Baosteel, que representa siderúrgicas da China, concordou com reajuste de 65 por cento no preço do minério produzido em seu Sistema Sul.

As ações da Petrobras .PETR4.SA tinha oscilação negativa de 0,07 por cento, a 83,95 reais.

(Por Cláudia Pires, edição Alexandre Caverni)