Financiamento habitacional da CEF cresce 49%, é recorde em 2007

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008 18:18 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - As concessões de financiamento habitacional da Caixa Econômica Federal somaram o valor recorde de 21 bilhões de reais em 2007, com crescimento de 49 por cento em relação ao ano anterior. Para este ano, a meta da instituição é elevar a cifra em mais 30 por cento.

"Já temos garantida a oferta de 20,3 bilhões de reais em empréstimos, mas a expectativa é de que vamos superar a projeção de crescimento do mercado para esse segmento, de 25 por cento", afirmou a jornalistas o vice-presidente de Finanças e Mercado de Capitais da Caixa, Márcio Percival.

O crédito comercial da CEF somou 53,7 bilhões de reais no ano passado, elevação de 14,5 por cento frente a 2006.

A instituição registrou no ano passado lucro líquido de 2,5 bilhões de reais, aumento de 5,2 por cento em relação a 2006. O resultado foi garantido em parte pela ativação de créditos tributários no valor de 1,4 bilhão de reais no quarto trimestre.

Ao ser questionada sobre a discrepância entre os resultados da CEF e dos principais bancos do país, que tiveram crescimento bem maior do lucro em 2007, a presidente da instituição, Maria Fernanda Coelho, afirmou que o lucro reflete o "foco" da Caixa.

"São papéis diferentes... Precisamos ter rentabilidade e menor risco, mas também temos políticas públicas", afirmou.

Ela acrescentou que, do total de lucro apurado, a Caixa já antecipou o repasse de 500 milhões de reais ao Tesouro Nacional no ano passado. Os recursos restantes serão repassados ao longo deste ano em datas a serem determinadas pelo Tesouro.

(Reportagem de Isabel Versiani)