BOVESPA-Realização de lucros faz índice ter leve queda

quarta-feira, 23 de abril de 2008 11:30 BRT
 

SÃO PAULO, 23 de abril (Reuters) - Após cinco pregões consecutivos de valorização, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) operava no vermelho nesta quarta-feira, em meio a um movimento de realização de lucros.

O Ibovespa .BVSP oscilou em torno da estabilidade nos primeiros minutos de pregão, mas assumiu tendência negativa e, às 11h25, registrava baixa de 0,34 por cento, aos 65.187 pontos.

O giro financeiro na bolsa era de 1,1 bilhão de reais, com forte concentração dos negócios nas ações de Petrobras e Vale.

"O índice estava chegando perto de sua máxima histórica e o mercado parece ter entendido que, para isso se manter, é preciso que surjam fatos positivos novos", disse Ricardo Tadeu Martins, gerente de pesquisa da corretora Planner.

O recorde de fechamento do Ibovespa, de 65.790 pontos, foi atingido em 6 de dezembro de 2007.

Segundo Martins, a bolsa paulista monitorava à distância o comportamento dos mercados de Nova York, que também era indefinido. Após duas quedas seguidas, os principais índices de Wall Street resistiam a novas perdas, em meio ao ânimo com a notícia de um lucro trimestral acima do esperado da Boeing e pela expectativa de bons resultados da Apple. O índice Dow Jones .DJI tinha alta de 0,3 por cento.

Mais negociada do pregão da bolsa paulista, as ações preferenciais da Vale (VALE5.SA: Cotações) caíam 0,3 por cento, a 52,78 reais. Vice-líderes em volume, as preferenciais da Petrobras (PETR4.SA: Cotações) recuavam 0,4 por cento, a 85,84 reais.

Entre os destaques positivos, as ações preferenciais da Duratex DURA4.SA subiam 1,8 por cento, a 31,90 reais, após a companhia ter informado na terça-feira à noite ter comprado a Ideal Standard do Brasil, empresa especializada na fabricação de louças sanitárias.

(Reportagem de Aluísio Alves; Edição de Daniela Machado)