Ataque aéreo dos EUA no Iraque mata 11, incluindo 6 civis

terça-feira, 23 de outubro de 2007 11:19 BRST
 

Por Aseel Kami

BAGDÁ (Reuters) - As forças dos Estados Unidos no Iraque disseram ter matado 11 pessoas durante um ataque com helicóptero contra um grupo de homens que plantavam uma bomba ao norte de Bagdá, nesta terça-feira. Mas, segundo a polícia e moradores da região, os mortos são agricultores, mulheres e crianças.

Os militares norte-americanos admitiram que seis dos mortos são civis e disse lamentar o ocorrido, porém culpou os militantes por usarem civis como escudo.

O ataque aéreo foi o terceiro em duas semanas a acabar em morte de civis. Também acontece no momento em que a dependência dos militares dos EUA em fogo aéreo contra militantes é questionada pelo governo iraquiano e pela missão da Organização das Nações Unidas (ONU) no país.

A major Peggy Kageleiry, porta-voz militar dos EUA no norte do Iraque, disse que um helicóptero Apache avistou cinco homens plantando uma bomba em uma estrada perto da cidade de Samarra, 100 km ao norte de Bagdá.

Os homens teriam fugido para uma casa próxima, que foi alvo do helicóptero. De acordo com Kageleiry, uma investigação inicial apontou que seis civis foram mortos na ação.