United Airlines busca fusão, diz revista

sexta-feira, 23 de novembro de 2007 10:06 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - A UAL Corp, controladora da segunda maior companhia aérea dos Estados Unidos, a United Airlines, tem interesse em uma possível fusão, segundo publicou a edição de 3 de dezembro da revista BusinessWeek, citando especialistas da indústria.

O Pardus Capital Management, um fundo de hedge baseado em Nova York, com participação tanto na UAL quanto na Delta Air Lines, procura uma fusão da segunda com a terceira maior companhia aérea dos Estados Unidos, segundo recentes relatos da mídia.

A United e a UAL estavam com problemas e uma venda pode ser a melhor opção para a companhia aérea, que está pressionada por débito relativamente alto e margens de lucros pequenas, afirmou o artigo da BusinessWeek.

"Na falência eles não forçaram tanto para transformar o modelo de negócios e têm tentando se recuperar desde então... Está claro que Tilton (presidente-executivo da UAL, Glenn Tilton) agora crê que uma fusão é o caminho certo", afirmou um consultor da indústria, Stuart Klaskin, na revista.

A United, junto com muitas de suas rivais, pediu proteção judicial contra falência após os ataques de 11 de setembro de 2001. A empresa saiu do processo em 2006.

O artigo afirma que a pausa prolongada na expansão da frota da United indica que a empresa está ansiosa pelo acordo.

"Temos afirmado consistentemente que estamos administrando esta empresa para criar valor aos acionistas e tomamos decisões no conselho que sejam do melhor interesse da United e todos os participantes", afirmou Jean Medina, porta-voz da United.

"Participaremos em oportunidades de negócios em nossos próprios termos", acrescentou Medina.

Especialistas da indústria acreditam que um acordo da Delta com a Northwest Airlines é mais provável que um com a United, uma vez que as duas empresas pertencem à mesma aliança internacional e possuem estruturas de rotas complementares, segundo a reportagem.

Representantes da Delta e da Northwest não estavam disponíveis para comentar o assunto.