Presidente do ABN recebe 20 mi de euros com venda de ações

terça-feira, 23 de outubro de 2007 17:04 BRST
 

AMSTERDÃ, 23 de outubro (Reuters) - O presidente-executivo do banco holandês ABN Amro AAH.AS, comprado por um grupo de três bancos liderados pelo Royal Bank of Scotland (RBS.L: Cotações), recebeu 19,9 milhões de euros (28,3 milhões de dólares) com a venda de suas ações e opções para as instituições.

O presidente do ABN, Rijkman Groenink, que deixará o cargo em 1o de novembro quando o Royal Bank, Santander (SAN.MC: Cotações) e Fortis FOR.BR indicarão novos membros para o conselho do banco holandês, vendeu suas ações na semana passada, segundo informações da autoridade regulatória do mercado da Holanda, AFM.

Groenink e outros cinco integrantes do conselho executivo do ABN faturaram um total de 70 milhões de euros com a venda de suas ações e opções do ABN para o trio de bancos, informou um porta-voz da instituição holandesa.

O consórcio de bancos venceu neste mês a disputa pelo ABN, depois que acionistas preferiram entregar suas ações para a proposta de cerca de 70 bilhões de euros feita pelo trio.