ATUALIZA-Paulson pedirá ao Congresso para não atrasar plano

terça-feira, 23 de setembro de 2008 09:20 BRT
 

(Texto atualizado com mais comentários de Henry Paulson)

WASHINGTON, 23 de setembro (Reuters) - O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Henry Paulson, pretende pedir ao Congresso dos EUA, em depoimento nesta terça-feira, para não incluir na proposta de resgate do setor financeiro emendas não relacionadas ao plano, que poderiam atrasar a resolução de questões importantes.

"Nós vimos a turbulência do mercado financeiro alcançar um novo patamar na semana passada e afetar o resto da economia", Paulson dirá ao Congresso nesta terça-feira ao comitê bancário do Senado dos EUA, de acordo com o texto preparado que foi obtido pela Reuters.

"Agora nós precisamos tomar atitudes que vão além, agir de forma decisiva para tratar de forma fundamental e compreensiva a raíz da causa desta turbulência," ele deve acrescentar.

Ele deve dizer que a remoção de ativos sem liquidez do mercado, por meio do resgate proposto, irá custar aos contribuintes menos a longo prazo que ter os mercados de crédito com problemas.

(Reportagem de Glenn Somerville)