ATUALIZA-Contas externas brasileiras fecham agosto no vermelho

terça-feira, 23 de setembro de 2008 11:35 BRT
 

(Texto atualizado com mais informações sobre as contas externas em agosto)

BRASÍLIA, 23 de setembro (Reuters) - As contas externas brasileiras amargaram mais um mês no vermelho, mas o resultado de agosto ficou um pouco melhor do que o registrado em julho, mostraram dados divulgados nesta terça-feira pelo Banco Central.

Em agosto, o saldo das transações correntes do país com o resto do mundo ficou negativo em 1,090 bilhão de dólares, uma forte queda em relação ao superávit de 1,350 bilhão de dólares apurado no mesmo período do ano passado, mas melhor do que o déficit de 2,1 bilhões de dólares registrado em julho.

O resultado de agosto também foi melhor do que o esperado por analistas consultados pela Reuters, que projetavam um déficit de 1,4 bilhão de dólares, segundo pesquisa com 22 economistas.

O déficit acumulado nos últimos 12 meses equivale a 1,45 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), acima dos 1,31 por cento do PIB registrado em julho.

A conta de serviços, que inclui receitas e despesas com viagens internacionais, aluguel de equipamentos e serviços financeiros registrou um déficit de 1,351 bilhão de dólares em agosto, um resultado 32,8 por cento maior do que o déficit apurado no mesmo período do ano passado.

Somente as despesas líquidas com viagens internacionais registraram um salto de mais de 100 por cento, atingindo 523 milhões de dólares, frente 251 milhões de dólares no mesmo período de 2007.

As remessas líquidas de lucros e dividendos, que também vêm pesando sobre o resultado das contas externas brasileiras, aumentaram para 1,933 bilhão de dólares, ante 1,386 bilhão de dólares em agosto do ano passado.   Continuação...